Após polêmica no BBB, saiba a forma correta de fazer o cuscuz nordestino

Após toda a polêmica envolvendo os participante do Big Brother Brasil, Fiuk, Juliette e Gilberto sobre o modo correto de fazer o cuscuz, o alimento tradicional do Nordeste ganhou os noticiários. 

Flocão cru ou cozido?

No último domingo, Fiuk tentou fazer uma farofa de cuscuz cru, mas foi advertido pelos nordestinos Juliette e Gilberto que o Flocão de milho não é utilizado como farofa sem antes ser cozido. Já o cantor, achou que cuscuz era o mesmo que farinha de milho. 

A paraibana Juliette ficou bastante sentida com a falta de conhecimento sobre o alimento que salva a vida de muitas famílias que não têm condições financeiras, já que tem um valor bem acessível e é bastante nutritivo. 

A história do Cuscuz

O cuscuz chegou ao Brasil por meio de colonizadores portugueses, um prato típico do norte da África, caiu no gosto brasileiro, principalmente dos nordestinos, sendo até hoje utilizado como alimento básico. 

Mas, a gerente em uma fábrica de produtos derivados de milho, Ângela Henrique explica que o tipo de cuscuz que os escravos trouxeram era a base de sêmola de trigo. No entanto, aqui não tinha o trigo, assim eles passaram a utilizar o milho que era plantado pelos índios. 

Somente a partir de 1980 é que o flocão de milho que usamos hoje passou a ser produzido. “Neste processo, a gente tira o gérmen do grão, a casca, o olho, e tritura apenas a parte amarela-alaranjada”, contou Ângela. 

Repercussão sobre o cuscuz no BBB

O assunto movimentou as redes sociais e levantou alguns questionamentos sobre a forma correta de consumir o alimento. 

Nutricionistas dizem que a diferença está na quantidade de carboidratos, quando está cru ele está mais concentrado, assim os níveis de carboidrato são mais elevados. 

Diferentemente de quando é cozido, pois é acrescido de água e consequentemente os valores de carboidratos são menores por porção. 

Além de uma questão de preferências, o flocão cru é bem mais duro, contudo, cozido fica fofinho e pode ser degustado em qualquer refeição, combina com quase tudo. 

Fiuk, Juliette e Gilberto discutem sobre o preparo do cuscuz – Fonte: Redes sociais
Cuscuz, um alimento completo 

O cuscuz flocão não é somente saboroso, como disse Juliette, um pacote de 500g ele é capaz de alimentar uma família por um dia, afinal tem grande valor nutritivo e baixo custo. 

Derivado do milho, o cuscuz é bastante rico em nutrientes, podendo ser consumido com carnes, ovos, leite… Huuum, com cafezinho bem quente também. 

Cuscuz nordestino com queijo – Fonte: Redes sociais

Se você ainda não provou essa delícia que é o cuscuz nordestino, prove, é simples e fácil de fazer. 

Como boa nordestina, após o impasse sobre o modo de preparo, Juliette fez o flocão cozido para os companheiros de confinamento, que adoraram a receita e ainda ficaram saciados. 

Aliás, a moça dá um show de entretenimento com sua forma autêntica no programa, sendo uma das favoritas ao prêmio de 1,5 milhões de reais do reality. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *